Um modelo para a Igreja Bíblica

Imagem: Editada

Por que existem receitas para as comidas? Por que existe uma planta para se construir uma casa?  Resolvo construir uma casa do mesmo modelo no meu sitio, mas, vou modificar uma parede somente para ter mais espaço na sala. A casa ficou igual a planta? É uma pequena mudança, mas é mudança e não é como a original. Cada pessoa tem um modelo distinto de sua própria pessoa. Vamos supor que o Tyler estivesse perdido e alguém me ligasse dizendo que achou o meu filho. Como ele é? Eu pergunto. A resposta: um menino de 13 anos, alto, magro, cabelos claros e olhos escuros e de nome Tyler. É meu filho? Não. Tem uma pequena diferença, mas é diferente.

Deus planejou sua igreja e ela tem uma identidade distinta. Sem estas características de identidade a Igreja não pode ser reconhecida pelas pessoas que procuram por ela. Sem um modelo a seguir, como iríamos distinguir a Igreja Bíblica das organizações falsas. A igreja certa tem uma identidade certa, um modelo para nós no Novo Testamento. A língua do Novo Testamento era o grego. Muitas vezes uma palavra tem que ser definida nesta língua para ter o sentido correto e “tupos” é a palavra grega para modelo, ou forma no Novo Testamento. Nossa palavra tipo vem desta palavra.

Pode ser explicada como um molde, no qual um liquido é derramado, e cada imagem produzida é igual. Modelo de identidade. Vamos ilustrar esta palavra no Novo Testamento.

(Hebreus 8.5)

 “Eles servem num santuário que é cópia e sombra daquele que está nos céus, já que Moisés foi avisado quando estava para construir o tabernáculo: “Tenha o cuidado de fazer tudo segundo o modelo que lhe foi mostrado no monte”.

(Tito 2:7)

Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras. Em seu ensino, mostre integridade e seriedade…”)

Note bem que Deus deseja que o tabernáculo fosse feito de uma maneira e deu o modelo para Moisés. Também Paulo disse em Tito que a vida do pregador tem que ser um modelo para os outros. Se quisermos hoje ser cristãos do Novo Testamento e construir a Igreja Bíblica, então tem que haver um modelo para seguir e imitar. O Novo Testamento mostra que existe um modelo.

(Romanos 6:17,18)

“Mas, graças a Deus, porque, embora vocês tenham sido escravos do pecado, passaram a obedecer de coração à forma de ensino que lhes foi transmitida. Vocês foram libertados do pecado e tornaram-se escravos da justiça”.

Esta ‘forma de ensino’ tem uma identidade porque esta palavra ‘forma’ é a palavra grega tupos que significa modelo. Paulo está dizendo que devemos seguir aquela forma ou modelo de doutrina.

(João 8:32)

E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará“.

Esta é a verdade não é a verdade em geral.

  1. Que Moisés cruzou o Mar Vermelho é verdade.
  2. Que João Batista batizou Jesus é verdade.

Mas, este tipo de verdade não vai nos libertar do pecado.

(1 Pedro 1:22)

“Agora que vocês purificaram as suas vidas pela obediência à verdade, visando ao amor fraternal e sincero, amem sinceramente uns aos outros e de todo o coração”.

  1. Aqui temos a verdade que pode ser obedecida
  2. Jesus disse que podemos conhecer esta verdade
  3. Como? Nas Escrituras.  “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. (João 17:17)

Você não pode obedecer aquilo que não conhece ou não pode ser identificado. A verdade de João 8.32 tem identidade. Não é lógico pensar que o cristianismo apresentado no Novo Testamento tem um modelo a ser seguido? A igreja de Jesus não é qualquer igreja ou qualquer doutrina. Ela tem uma identidade clara e definida.

Vamos usar somente um dos 27 livros do Novo Testamento para mostrar que existe um modelo distinto para a Igreja de Jesus Cristo.

(1 Coríntios 1:10)

“Irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo suplico a todos vocês que concordem uns com os outros no que falam, para que não haja divisões entre vocês, e, sim, que todos estejam unidos num só pensamento e num só parecer”.

Isso não é uma boa sugestão de Paulo, mas um mandamento apostólico que todos os cristãos  falem a mesma sem divisões e doutrinas diferentes. Pessoas diferentes não podem falar as mesmas coisas se não falam somente uma coisa. Essa coisa é o modelo  para identificarmos  o cristianismo bíblico.

1 Coríntios 4:17

”Por essa razão estou lhes enviando Timóteo, meu filho amado e fiel no Senhor, o qual lhes trará à lembrança a minha maneira de viver em Cristo Jesus, de acordo com o que eu ensino por toda parte, em todas as igrejas”.

O que Paulo ensinou em Jerusalém, ele ensinou em Éfeso. O que Paulo ensinou na igreja em Corinto, ele ensinou em Filipos. Não existe uma doutrina e outra doutrina para outras igrejas. É a mesma doutrina para todas as igrejas – existe um modelo a seguir.

(1 Coríntios 4:6)

“Irmãos, apliquei essas coisas a mim e a Apolo por amor a vocês, para que aprendam de nós o que significa: “Não ultrapassem o que está escrito”. Assim, ninguém se orgulhe a favor de um homem em detrimento de outro”.

(1 Coríntios 14:37)

“Se alguém pensa que é profeta ou espiritual, reconheça que o que lhes estou escrevendo é mandamento do Senhor”.

Este é o modelo para qualquer homem que quer seguir Jesus. O que está escrito é mandamento do Senhor. A palavra de Deus é semente.

Lucas 8.4-15

a. Quando Deus criou as plantas e as arvores, eLe colocou uma lei em ação: que cada semente produziria sempre sua espécie.

b. Por isso, um pé de maçã sempre produzirá maçã; laranja sempre produzirá laranja.

c. Já pensou na confusão que seria se você plantasse semente de laranja e colhesse pepino?

d. Porque os homens não podem enxergar isto em relação a Igreja?

  1. Jesus disse em João 15, que Ele é a videira e nós somos os ramos.
  2. Se estamos em Cristo, somos cristãos com um modelo de doutrina a seguir.
  3. Como é possível plantar a semente da Bíblia e colher doutrinas diferentes e igrejas diferentes e fé diferentes?
  4. Como é que a videira pode produzir doutrinas e igrejas diferentes?

Não é possível plantar a semente da Palavra de Deus no coração  de uma pessoa sem colher um cristão, um seguidor do modelo Bíblico.

  1. A ideia de que todas as igrejas estão certas não vem da Bíblia
  2. A ideia de que toda a fé leva a Deus também não vem da Bíblia.

Efésios 4:4-6

“Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos”.

Vamos estudar este modelo, vamos restaurar este modelo e, vamos ser cristãos somente. Vamos falar quando a bíblia ensina e vamos calar quando a Bíblia silencia. Vamos permanecer na Sã Doutrina, obedecendo a oração que Jesus fez em João 17:20,21.

 “Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles,
para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”. 

Hoje você está obedecendo a esta verdade?

  1. João 3:2-5

Ele veio a Jesus, à noite, e disse:

“Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais miraculosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”. Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”. Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer! “Respondeu Jesus: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito”.

    1. Você entende quem é Jesus e ainda não foi batizado?
    2. Por que você não obedece agora mesmo a doutrina bíblica?
    3. O que você está esperando? Assista o áudio e video aqui.              (Allen Dutton Jr.)