TERMÔMETROS OU TERMOSTATOS?

  BOLETIM DOMINICAL, 02 DE DEZEMBRO DE 2018

Quando pensamos em nossas vidas, somos como termômetros ou termostatos. O Novo Testamento nos ensina que devemos ser como termostatos.

Termômetros reagem ao ambiente em que estão. Fazem isto respondendo internamente a quanto calor ou a quanto frio está em seu arredor. Termômetros anunciam ao mundo qual é a temperatura em sua volta. Quando alguém nos maltrata, nossa inclinação natural pode ser a de reagir como um termômetro prestes a explodir.

Por outro lado, termostatos procuram regular a temperatura ao seu redor para ser aquela temperatura ideal. Enquanto também reagem ao ambiente, eles estão programados para atingir e ficar sempre nesta temperatura ideal. Está ficando quente? O termostato liga então o ar condicionado. Está ficando frio? Liga o aquecedor.

Jesus nos ensinou a maneira de viver como um termostato (Mateus 5. 38-41).

O povo de Deus faz uma diferença neste mundo. Uma diferença que traz uma benção e orienta o nosso ambiente para ser um ambiente de amor e paz, um ambiente com uma temperatura ideal.

Quando conseguimos e agimos com os nossos olhos fixos em nosso alvo, seremos cada vez menos como termômetros e cada vez mais como termostatos.

Que Deus nos abençoe a fazer uma diferença!

Allen Dutton