O privilegio de servir

Por: Marcio Gama

Quem vive com Jesus, tem em mente a palavra “servir”, pois o próprio Senhor Jesus disse em Mateus 25:40 “Digo-lhes a verdade: o que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram”.

Portanto, nós servimos àquele que nos serviu primeiro, ao morrer em nosso lugar na cruz para que possamos ter um relacionamento com Deus.

Servir, não se resume somente a alguns momentos, mas temos que estar sempre prontos para servir. Tem um ditado que diz “Quem não vive para servir, não serve para viver”. Se nós encararmos o “servir” apenas como um mandamento, ou seja, pensar que sou obrigado a servir, provavelmente não serviremos de maneira que agrada a Deus.

Mas se encararmos o serviço como um privilégio, ou seja, “eu quero servir”, não como obrigação, seremos servos do Senhor que servem o tempo todo. Quer um exemplo? Em I Reis 18:1-5, vemos a história de Obadias. O nome significa “servo do Senhor”. Ele era o responsável pelo palácio do Rei Acabe, um soberano idólatra que junto com Jezabel sua esposa, queria exterminar os servos de Deus.

A vida de Obadias era o serviço ao único Deus mesmo em meio à idolatria. Ele escondeu 100 profetas do Senhor e sustentou-os com comida e água, que eram raras no país devido a seca de 3 anos . Obadias colocou a vida dos profetas de Deus acima de seu próprio bem estar, pois poderia morrer se fosse descoberto. Ele serviu onde Deus o colocou. Que nós possamos, da mesma maneira, servir a Deus. Ele quer nos usar.

Cada um exerça o dom que recebeu para servir aos outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas”. I Pedro 4:10.

Mensagem de hoje assista aqui!