FOME E SEDE

Por: Cesar Santos

Na semana retrasada, o versículo base para a lição dos grupos C.A.S.A. foi Mateus 5:6, onde Jesus afirma que bem-aventurados serão aqueles que tiverem fome e sede de justiça.

Podemos notar a ênfase de Jesus em usar esses instintos como ilustração, mostrando que devemos sentir essa necessidade espiritual.

Nesse texto Jesus nos desafia a termos o mesmo tipo de desejo em relação às coisas espirituais, relativas à justiça.

O desejo físico pelo alimento instiga o individuo a buscar comida, quase sem considerar o preço da mesma ou as dificuldades de sua obtenção.

Devemos ter essa mesma atitude e nos esforçar continuamente em buscar e praticar essa justiça de Deus, pois mesmo que vivamos em tempos em que a injustiça esteja impregnada na cultura da nossa nação, podemos ter a confiança e esperança que não seremos injustiçados pelas circunstancia dessa vida.

Qualquer um concorda em que o mais forte e insistente dos instintos naturais, como também o mais necessário, é o da alimentação. O alimento sustenta a vida física. Nossa alma também deve ter fome e sede.

Mensagem de hoje: Desafios e Vitórias, com Allen Dutton