ANSIEDADE

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, tivemos ou ainda estamos tendo algum momento de ansiedade. Até as crianças ficam ansiosas de vez em quando! Diferente dos adultos sim, mas na proporção delas, elas ficam ansiosas como por exemplo: “está quase na hora de parar de brincar” “daqui há pouco minha mãe vai falar – hora do banho” “amanhã tenho aula” “tenho que estudar para prova” Talvez não lembremos, mas a nossa infância não foi diferente.

Hoje temos nossas ansiedades, nossas preocupações e Jesus, no seu imenso amor, vivendo neste mundo e conhecendo nossos sentimentos e fraquezas, nos dá grandes ensinamentos para superar esses momentos que tanto nos atrapalha.

          O Apóstolo Paulo fala em Filipenses 4:6-8 “ Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus. Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. ”

          A ideia destes versículos é a seguinte: Toda vez que surgir uma preocupação, deve-se apresentá-la diante de Deus por meio de oração sincera e humilde, misturada com ação de graças, antes que essa sensação se transforme em ansiedade.

O resultado vem, que é a paz de Deus, “que ninguém consegue entender” (vs.7). Essa paz ocupará o lugar que seria da ansiedade.

          Essa passagem que Paulo escreve, é reforçada pelas palavras de Pedro: “Lancem sobre ele [Deus] toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês” (1 Pe 5.7).

   Deus nos abençoe!

*Márcio Gama