ADORE a DEUS e não a homens

Henry Ward Adams, um famoso e talentoso pregador, precisou se ausentar num certo domingo e seu irmão foi então convidado a trazer a mensagem. O prédio da igreja estava lotado. Quando se tornou evidente que o eloquente Henry Adams não iria aparecer, muitos na plateia começaram a se levantar e sair do prédio.

O irmão de Adams não se perturbou. Ele se levantou na frente das pessoas que estavam murmurando, pediu silencio  e disse: “Todos aqueles que vieram aqui hoje de manhã para adorar Henry Adams podem sair agora. Quem veio adorar a Deus podem ficar”.

O que é que estamos fazendo quando nos reunimos para adorar? Alguns como os atenienses, vêm para ouvir o pregador dizer algumas palavras (Atos 17: 20-21). É relevante? É positivo? Existem diretrizes mentais que usamos para julgar e criticar os sermões?

Alguns vêm ao culto para criticar os cânticos, as orações, ou mesmo a simpatia e bondade da congregação. Estes vão embora do culto cheios de criticas. Porque nos reunimos para adorar? Alguns estão aqui para cumprir os seus dever da semana; para terem o seu bilhete carimbado e validado mais uma vez. Mas, aqueles que estão aqui porque precisam de forças para poder carregar suas cruzes sabem o valor da adoração.

Adoração não tem nada a ver com quem dirige os cânticos, ou com o talento do pregador. Adoração tem a ver com você e com Deus! Quem você está adorando? Adore a Deus! Mensagem de hoje com Alisson Terra, para ver clique aqui

(a) Allen Dutton