A GRANDEZA DOS MENORES

Por: César Santos

No evangelho de Lucas capítulo 9, Jesus trata de um assunto que nunca sai de moda, o desejo humano de ser grande. Esse desejo de se sentir importante é um dos mais primitivos desejos do ser humano, queremos ser o centro das atenções.

Nos versículos 46 a 48 lemos que esse desejo de grandeza deu início a uma discussão entre os discípulos. Jesus então colocou uma criança entre eles e disse que aqueles que a recebessem em seu nome, estariam recebendo a Ele e também a Deus, e concluiu afirmando que quem fosse o menor entre eles, esse seria o maior.

Podemos tirar várias lições desse gesto e das palavras de Jesus nesses versículos, uma delas é que se queremos ser grandes no reino de Deus é necessário sermos servos. Jesus Cristo foi o maior exemplo de servo ao dar sua própria vida por nós.

Se nós realmente queremos ser grandes, não aos olhos desse mundo, mas aos padrões de Deus, o caminho a seguir é servir. A grandeza no mundo espiritual exige de nós sacrifícios. Ninguém consegue ser grande no reino de Deus pegando atalhos no caminho.

Precisamos deixarem de pensar em nós mesmos e pôr em prática o ato de sermos servos. Os homens em posição elevada só são realmente grandes quando usam seus poderes para servirem a outros. Lembre-se que o maior sacrifício de servir, Jesus Cristo já fez por mim e por você na cruz. Vamos nós agora fazer a nossa parte.