A importância da igreja

arautos
Imagem: J Araújo

A bíblia ensina que a igreja cumpre o eterno propósito de Deus. Deus criou o homem com o propósito de servi-lo, glorificá-lo e beneficiar-se com suas bênçãos (Efésios 1.4-6 ) e (Gêneses 1.26-28). Depois que Adão pecou perdeu essas bênçãos, Deus começou a executar o plano para que o homem pudesse voltar a sua antiga posição com serviços e bênçãos renovados. Esse plano foi feito para consumar o seu “eterno propósito, desde os séculos oculto em Deus” (Efésios 3.9-11).

O tempo e o esforço gastos no planejamento de qualquer coisa mostra sua importância. A pessoa que quer formar-se em medicina, por exemplo, precisa estudar durante mais de cinco anos devido à importância dessa profissão. Deus considerou a igreja tão importante que Ele a planejou antes do começo dos tempos. O esforço de Deus para consumar este eterno propósito mostra a importância da igreja. Depois de ter sido planejada antes do inicio, a igreja foi prometida na era patriarcal, profetizada na era judaica, preparada nos dias de Cristo, e se tornou presente na era cristã.

                                                     A igreja prometida na era patriarcal

Durante a era patriarcal, o primeiro período da historia da humanidade, Deus começou a desdobrar gradualmente o seu eterno propósito em relação à igreja. Por exemplo, Ele prometeu fazer dos descendentes de Abraão uma grande nação, por intermédio da qual Cristo viria e abençoaria todos os povos da terra (Gênesis 12.1-3). Mais tarde, o apostolo Paulo ensinou que todas as nações receberiam a bênção prometida, como membros da igreja do Senhor (Gálatas 3.7-9, 14,26-29).                           

Sabemos que Deus escolheu a nação judaica (os descendentes de Abraão) para trazer Cristo ao mundo. Para que Israel pudesse cumprir este propósito, Deus separou os judeus das outras nações, dando-lhes uma lei que proibia que se misturassem com outras raças (Deuteronômio 5.1-3 e Atos 10.28). Os profetas judaicos, porém, anunciaram que um dia o Senhor estabeleceria uma nova aliança (Jeremias 31.31-34) e um novo reino no qual os homens de todas as nações se uniriam para servi-lo (Salmos 22.27-31; 110. 1-7). Cristo e a igreja cumpriram estas profecias. Cristo estabeleceu a nova aliança (Hebreus 8.6-13) e começou a reinar em seu reino, a igreja (Atos 2.30-36; Efésios 1.19-23; 1 Coríntios 15.23-26).

A igreja é freqüentemente descrita como um reino (Mateus 13.11,18-19; Colossenses 1.13 e Apocalipse 1.6,9). Os profetas também anunciaram o tempo e o lugar do estabelecimento da igreja. Isaías, por exemplo, profetizou que a casa do Senhor seria estabelecida durante os últimos dias de Jerusalém (Isaías 2.1-3).  A igreja é sempre descrita como a casa de DEUS (1 Timóteo 3.15 e Hebreus 3.6). Deus falou mais especificamente sobre quando a igreja seria estabelecida em (Daniel 2.1-45).