JESUS CHOROU

Provavelmente, a maioria de nós conhece o menor versículo da Bíblia, que está no evangelho de João capítulo 11 versos 35, onde simplesmente está escrito “Jesus chorou”. Esse fato aconteceu na passagem que conta sobre a morte de Lázaro, que dias depois foi ressuscitado por Jesus. Esse não é o único relato Bíblico em que Jesus Cristo expressa seu sentimento através do choro. Em Lucas 19: 41 Jesus também derramou lágrimas, dessa vez por Jerusalém, pois sabia que em breve a destruição viria sobre aquela cidade por causa da desobediência do povo. Vemos também em Hebreus 5:7 que “Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas”.

O choro é o ápice do sentimento e pode ser causado por sofrimento ou felicidade extrema. É notável pensar que, mesmo Jesus Cristo tendo todo o poder e domínio sobre qualquer situação, Ele expressou seu sofrimento através de lágrimas em algumas situações.

Como no caso da morte de Lázaro, a fidelidade ao propósito do acontecimento, fez com que Jesus obedecesse a cronologia de tudo que aconteceu, mesmo que isso lhe causasse comoção extrema ao ponto das lágrimas caírem de seus olhos.

Jesus poderia ter curado Lázaro muito antes de sua morte, evitando o sofrimento de todos. Dessa forma, Jesus demonstra que obedece ao plano de Deus, que se compadece dos nossos sofrimentos e que se entristece profundamente quando seu povo desobedece (caso de Jerusalém). Vamos fazer a nossa parte e evitar que Jesus Cristo venha a se entristecer a ponto de derramar suas preciosas lágrimas. Que a nossa fidelidade e obediência alegre sempre o coração do Senhor. Pregação!

Cesar Santos.