SÓBRIOS E VIGILANTES

Estamos ouvindo nos últimos domingos nas pregações, uma série de lições da carta aos Efésios no capítulo 6: 10 a 20, na qual Deus fala sobre a batalha espiritual que todo cristão enfrenta, uma guerra constante contra o exército de satanás. Uma frase que ouvi numa dessas pregações e que me chamou muito atenção é “Quando o cristão descansa o inimigo ataca.”

Isso me fez lembrar-me de um filme que assisti, baseado no ataque surpresa que o exército japonês fez a base naval americana na ilha de Pearl Harbor, em 7 de dezembro de 1941. O filme narra como uma frota naval norte americana, considerada a maior e mais poderosa do mundo, juntamente com o corpo aéreo do exército americano, foram atacados de surpresa pelo exército japonês que conseguiu abalar significativamente o
poderoso exército americano pelo fator surpresa.

No decorrer do filme podemos notar que na manhã daquele dia, os soldados estavam literalmente em estado de folga, totalmente vulneráveis na sua vigilância, a ponto de não perceberem que 6 porta aviões japoneses estavam prontos para o ataque. Mais de 350 aviões do exército japonês atacaram a ilha e o saldo desse ataque foram 2403 mortos, 8 navios afundados, 10 totalmente danificados e 188 aviões destruídos. Um grande exército que mesmo com todo seu poderio bélico e militar, foi pego de surpresa pelo descuido da ociosidade.

É importante lembrarmos que na nossa batalha espiritual, o inimigo não descansa nem por um segundo, não faz acordo de cessar fogo ou de paz, como acontece nas batalhas terrenas. O ataque de satanás é permanente. Portanto, contra o diabo devemos ser “sóbrios e vigilantes. O diabo, nosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”.  1 Pedro 5:8.

 Cesar Santos